sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Legislativos de Itaperuna e de Pádua devolvem dinheiro para respectivas prefeituras

As Câmaras Municipais de Itaperuna e de Santo Antônio de Pádua, em exemplar ato de probidade administrativa e respeito no trato com a verba pública repassada anualmente pela prefeitura para custeio do legislativo, devolveram aos cofres públicos dos respectivos executivos pouco mais de R$ 2 milhões (Itaperuna) e R$ 161 mil (Santo Antônio de Pádua).

O presidente da Câmara de Itaperuna Alexandre Pereira da Silva (Alexandre da Auto Escola) destacou que a economia de recursos e transparência foram marcas de sua administração, e que nos últimos quatro anos foram devolvidos à prefeitura mais de R$ 7 milhões, enquanto o presidente Jadir Junior, da Câmara de Santo Antônio de Pádua, afirma que em sua administração (2016) sempre cobrou dos servidores prudência e severidade nos gastos, evitando o desperdício.

Com a penúria que os municípios estão passando neste início de ano, a ponto de o prefeito reeleito de Santo Antônio de Pádua, Josias Quintal, decretar que a administração do município está entregue a Deus, apesar de ter recebido 9.367 votos, tais verbas não gastas e devolvidas a prefeituras serão de grande ajuda para amenizar a escassez de recursos que se encontram as prefeituras municipais.



 

 Decreto do prefeito Josias Quintal (Foto: Portal da Transparência Santo Antonio de Pádua/Reprodução)

domingo, 1 de janeiro de 2017

Pressentimento diz que Clovinho vai ser um dos melhores prefeitos de Miracema

Foto: Internet/Divulgação

Desta vez, acreditamos que Miracema acertou em cheio na escolha do mandatário para os próximos quatro anos. O desafio é grande, mas ClovinhoTostes reúne todas qualidades necessárias e indispensáveis para fazer um bom governo, apesar das adversidades que enfrentará diante de um estado quebrado, royalties reduzidos, atrasos nos repasses ao município pelos governos estadual e federal, queda na arrecadação tributária e, claro, dívidas deixadas por administrações anteriores, além da falta de identidade política que o país vem atravessando. Toda experiência administrativa acumulada ao longo de sua vida profissional como empresário bem sucedido certamente vai fazer a diferença para torna-lo um dos melhores prefeitos da história de Miracema.

Temos certeza que o novo prefeito vai enfrentar todos esses problemas com serenidade, competência e o entusiasmo cada vez maior que vem demonstrando a cada dia. Vai saber lidar muito bem com tudo isso e buscar as melhores soluções, bem como aplicar na hora certa a ousadia necessária para impulsionar o desenvolvimento que todos buscamos para o município.  

Boa sorte, Clovinho!

sábado, 31 de dezembro de 2016

Noroeste Fluminense fecha 136 empregos formais em novembro

Em novembro, 136 postos de trabalho com carteira assinada foram fechados na região (-14 na microrregião Itaperuna e -122 na microrregião Santo Antônio de Pádua), o que vem a ser o resultado da diferença entre 967 admissões e 1.123 demissões, conforme os registros feitos pelos empregadores no Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério do Trabalho). Neste mesmo mês de 2015, a região abriu quatro novas vagas.

De acordo com a Tabela I, Bom Jesus do Itabapoana apresenta o melhor número da região, com abertura de 87 postos de trabalho, em seguida Aperibé e Varre-Sai, com abertura de 5 novas vagas cada um. Nos demais municípios as perdas de postos de trabalho variou entre -3 e -63, tendo em Itaocara o número mais elevado (-63), em seguida Itaperuna (-45), São José de Ubá (-35), Natividade (-28), ...

Conforme a Tabela II, comércio destaca-se com o único número positivo da região, abertura de 161 vagas (+140 na microrregião Itaperuna e +21 na microrregião Santo Antônio de Pádua). Nos demais setores de atividade econômica os fechamentos de postos de trabalho variou entre -1 e -79, tendo na construção civil o número mais elevado de baixa de empregos: -79 (-26 na microrregião Itaperuna e -53 na microrregião Santo Antônio de Pádua), em seguida serviços, com -65 (-66 na microrregião Itaperuna e +1 na microrregião Santo Antônio de Pádua); administração pública, com -60 (todas registradas em Itaocara, que vem a ser o único município da região em que a prefeitura municipal registra neste setor as contratações e demissões de pessoal); indústria de transformação, com -57 (-41 na microrregião Itaperuna e -16 na microrregião Santo Antônio de Pádua); agropecuária, com -27 (-19 na microrregião Itaperuna e -8 na microrregião Santo Antônio de Pádua); ...

No acumulado do ano até novembro, o saldo entre admissões e demissões na região registra perda de 245 postos de trabalho com carteira assinada (-267 na microrregião Itaperuna e +22 na microrregião Santo Antônio de Pádua), o que vem a ser o resultado da diferença entre 11.540 admissões e 11.785 demissões. De janeiro a novembro do ano anterior, o número de postos de trabalho fechados na região foi mais elevado (-680).

Itaocara destaca-se com o maior número de aberturas de vagas, 412. Em seguida Italva, com 37, e Varre-Sai, com 4. Nos demais municípios as perdas acumuladas variam entre -3 e -233, tendo em Bom Jesus do Itabapoana o número mais elevado, -233, em seguida Miracema (-100), Santo Antônio de Pádua (-97), Cambuci (-74), São José de Ubá (-64), Aperibé (-55), Porciúncula (-39), Itaperuna (-21), ...

Administração pública foi o setor que mais abriu vagas de trabalho: 448 (todas abertas em Itaocara). Em seguida serviços, com 127 novos postos de trabalho (+112 na microrregião Itaperuna e +15 na microrregião Santo Antônio de Pádua); agropecuária, com 36 (+40 na microrregião Itaperuna e -4 na microrregião Santo Antônio de Pádua); e serviços de utilidade pública, com 8 (-5 na microrregião Itaperuna e +13 na microrregião Santo Antônio de Pádua). Nos demais setores o  número de vagas fechadas variaram entre -9 e -358, tendo se destacado comércio, com -358 (-248 na microrregião Itaperuna e -110 na microrregião Santo Antônio de Pádua); construção civil, com -257 (-102 na microrregião Itaperuna e -155 na microrregião Santo Antônio de Pádua); indústria de transformação, com -240 (-67 na microrregião Itaperuna e -173 na microrregião Santo Antônio de Pádua); e extração mineral, com -9 (+3 na microrregião Itaperuna e -12 na microrregião Santo Antônio de Pádua).

Municípios compreendidos nas microrregiões do Noroeste Fluminense: Itaperuna – Bom Jesus do Itabapoana, Italva, Itaperuna, Laje do Muriaé, Natividade, Porciúncula e Varre-Sai; e Santo Antônio de Pádua – Aperibé, Cambuci, Itaocara, Miracema, Santo Antônio de Pádua e São José de Ubá. 

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Verão deste ano será menos quente do que no ano passado

Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil 


O dia do início da estação é chamado de solstício de verão,
que é quando o máximo de radiação solar chega à região –
Fernando Frazão/Agência Brasil
O verão começa hoje (21), às 7h44 (8h44 no horário de verão) no Hemisfério Sul e termina no dia 20 de março de 2017. A previsão é de que as temperaturas sejam mais amenas do que as registradas no verão passado, quando o fenômeno El Niño provocou um aumento nas temperaturas e nas chuvas em algumas regiões.

“No ano passado, tivemos um dos fenômenos El Niño mais fortes da história. Então, se formos comparar o ano passado e este ano, provavelmente este ano o verão não vai ser tão quente como no ano passado, porque o El Niño tem como característica aumentar a temperatura no Brasil”, explica a climatologista do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), Renata Tedeschi.

Segundo ela, nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul, a temperatura deve ficar dentro da média histórica. Nas regiões Norte e Nordeste, as temperaturas devem ficar dentro da média acima desse valor.

Chuvas

O verão deste ano deve ser de chuvas abaixo da média histórica na Região Nordeste, principalmente no semi-árido nordestino, segundo a climatologista. Isso por causa do aquecimento das águas do Atlântico Tropical Norte, que afetam a precipitação do Nordeste, ocasionando menos chuvas na região. “Se o Atlântico Tropical Norte continuar aquecido, o próximo trimestre provavelmente vai ser caracterizado por chuvas abaixo da média histórica na Região Nordeste”, diz Tedeschi.

Na Região Norte, a previsão é de que a precipitação seja dentro da média histórica, com leve tendência a ter uma estiagem. Para a Região Sul, a previsão é de que a chuva seja de normal a levemente acima do normal. “Em grande parte, a chuva ficará dentro da média histórica”, avalia.

Para as regiões Centro-Oeste e Sudeste, o CPTEC ainda não tem uma previsão sobre as precipitações no verão. “Porém, janeiro fevereiro e março fazem parte da estação chuvosa nessas duas regiões. Consequentemente, espera-se chuva, mas não sabemos prever se ela estará acima ou abaixo da média histórica”, diz Tedeschi.

O dia do início da estação é chamado de solstício de verão, que é quando o máximo de radiação solar chega à região e ocorre o dia mais longo do ano. A data é conhecida como solstício de verão para quem está abaixo da Linha do Equador e solstício de inverno para quem vive no Hemisfério Norte, quando a partir deste dia será inverno.

Edição: Graça Adjuto

Prédio da Prefeitura de Miracema, RJ, tem energia elétrica cortada

Razão é devido falta de pagamento, disse concessionária de energia. Outros cinco prédios públicos também tiveram corte de luz. 

Corte foi feito nesta terça-feira (19), em Miracema
(Foto: Divulgação/SFNotícias)

Do G1 Norte Fluminense

O prédio da Prefeitura de Miracema, no Noroeste Fluminense, teve a energia elétrica cortada nesta terça-feira (20). A justificativa, segundo a concessionária de energia elétrica da cidade, é falta de pagamento, por parte do governo municipal. Além do imóvel da prefeitura, outros cinco unidades municipais tiveram o fornecimento de energia elétrica cortados.

Ainda de acordo com a concessionária de energia elétrica da cidade, foi preservado o fornecimento de energia aos serviços essenciais como iluminação pública, hospitais e escolas. A prefeitura não se pronunciou sobre o caso.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Parque Nacional do Itatiaia abre festejos de 80 anos com exposição de fotos

Mostra inédita de fotografias de mamíferos da Mata Atlântica será inaugurada nesta sexta (9), às 18h, no Centro de Visitantes do parque, na região serrana do Rio


O Parque Nacional de Itatiaia, o mais antigo do Brasil, vai completar 80 anos em junho de 2017, mas as comemorações começam nesta sexta-feira (9), às 18h, no Centro de Visitantes, com a abertura da exposição de fotografias Alma do Mato, que enfoca os mamíferos da unidade de conservação (UC), gerida pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), entre os estados do Rio e Minas.

As fotos são de Christian Spencer e Marcelo Souza Motta. Eles trabalharam durante um ano com armadilhas fotográficas, equipamento que permite que as fotografias sejam tiradas com câmeras que disparam por meio de um sensor de movimento. As câmeras estacionárias foram colocadas em locais isolados na floresta, sem que houvesse qualquer artifício para atrair ou induzir a presença dos animais fotografados.

Segundo os autores, o registro desses raros mamíferos, muitos deles em perigo de extinção, mostra a diversidade da fauna que ainda povoa as matas da Serra da Mantiqueira, protegidas pelo parque. As fotos revelam os animais em seu habitat natural, momentos da vida na floresta distantes dos nossos olhos, instantes fugazes de rara beleza, cenas que capturam o quanto ainda se esconde neste pedaço de Mata Atlântica entre as duas maiores capitais do país.

Para fazer os registros, os autores tiveram que ter muita paciência, conhecimento de campo e sensibilidade, “sonhando” a foto antes mesmo dela ser tirada. Essa "simbiose sensorial” com a fauna permitiu com que Spencer e Motta transmitissem nas fotografias todo o mistério que as envolve.

Ainda segundo os autores, as fotos carregam a força da presença desses seres vivos que transitam pelas matas de forma “invisível”. A fugacidade do momento é exaltada pelo preto e branco. Na ausência de cor, o mistério se revela como lendas que se materializam entre a luz e a sombra da vegetação. “Mas é no brilho do olhar dos bichos que se vislumbra a vida que ali pulsa, é o encontro do real e do imaginário, é a alma do mato”, diz Spencer

A exposição tem como objetivo despertar o espírito contemplativo no visitante, o olhar mais demorado daqueles que passeiam pelo parque nacional, fazendo-os sentir que, mesmo não vendo com os olhos, o conhecimento de que animais desses portes ainda vivem na região possa inundá-los com a presença da força desses seres. “É um convite à sensação de andar na floresta e sentir essa presença, a alma do mato”, reforça Motta.

Serviço:

Exposição “Alma Do Mato - um olhar artístico dos mamíferos do Parque Nacional do Itatiaia”
Evento de abertura: 09/12, às 18h (para participar do evento é necessário encaminhar e-mail a parnaitatiaiarj@icmbio.gov.br)
Abertura da exposição para o público: 10/12
Horário: 8h às 17h

sábado, 26 de novembro de 2016

Noroeste Fluminense fecha 51 postos de trabalho com carteira assinada em outubro

A partir de outubro, Itaperuna passou a registrar no acumulado do ano número positivo de postos de trabalho, revertendo os números negativos registrados até o mês anterior. O município de Itaperuna é responsável por cerca de 50% da movimentação de empregos formais na região.

Em outubro, 51 postos de trabalho com carteira assinada foram fechados na região (+1 na microrregião Itaperuna e -52 na microrregião Santo Antônio de Pádua), o que vem a ser o resultado da diferença entre 1.018 admissões e 1.069 demissões, conforme os registros feitos pelos empregadores no Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério do Trabalho). Neste mesmo mês de 2015, a região fechou número mais elevado de empregos (117).

De acordo com a Tabela I, em Itaperuna foram abertos 85 novos postos de trabalho, em seguida 9 em Italva. Nos demais municípios o saldo entre admissão e demissão variou entre 0 e -80, tendo em Bom Jesus do Itabapoana o número mais elevado.

Conforme a Tabela II, indústria da transformação destaca-se com 22 vagas geradas (+14 na microrregião Itaperuna e +8 na microrregião Santo Antônio de Pádua). Em seguida extração mineral, com abertura de 4 novos postos (+1 na microrregião Itaperuna e +3 na microrregião Santo Antônio de Pádua). Com exceção de serviços e administração pública, que não abriram nem fecharam vagas, nos demais setores de atividade econômica o número de fechamentos de postos de trabalho variou entre -2 e -59. No comércio houve perda de 59 postos de trabalho (-55 na microrregião Itaperuna e -4 na microrregião Santo Antônio de Pádua), assim como perda de 10 na construção civil (+10 na microrregião Itaperuna e -20 na microrregião Santo Antônio de Pádua).


No acumulado do ano até outubro, o saldo entre admissões e demissões na região registra -109 postos de trabalho com carteira assinada (-253 na microrregião Itaperuna e +144 na microrregião Santo Antônio de Pádua), o que vem a ser o resultado da diferença entre 10.573 admissões e 10.682 demissões. De janeiro a outubro do ano anterior, o número de postos de trabalho fechados foi mais baixo (-15).

Itaocara destaca-se com 475 vagas de trabalho abertas. Em seguida Italva, com 55, Itaperuna, com 24, e Natividade, com 16. Nos demais municípios, com exceção de Laje do Muriaé que não abriu nem fechou vagas, as perdas de postos de trabalho variaram entre -1 e -320, tendo em Bom Jesus do Itabapoana a maior perda (-320), em seguida Santo Antônio de Pádua (-92), Miracema (-91), Aperibé (-60), Cambuci (-59),  São José de Ubá (-29) e Porciúncula (-27).

A partir de outubro, Itaperuna passou a registrar no acumulado do ano número positivo de postos de trabalho, revertendo os números negativos registrados até o mês anterior. O município de Itaperuna é responsável por cerca de 50% da movimentação de empregos na região.

Administração pública foi o setor que mais abriu vagas de trabalho: 508 (todas abertas em Itaocara. Vale ressaltar que este é o único município da região que a prefeitura municipal registra neste setor de atividade econômica as contratações e demissões de pessoal). Em seguida serviços, com 192 novos postos de trabalho (+178 na microrregião Itaperuna e +14 na microrregião Santo Antônio de Pádua); agropecuária, com 63 (+59 na microrregião Itaperuna e +4 na microrregião Santo Antônio de Pádua); e serviços de utilidade pública, com 9 (-4 na microrregião Itaperuna e +13 na microrregião Santo Antônio de Pádua). Nos demais setores os números variaram entre -1 e -519, tendo se destacado comércio, com -519 (-388 na microrregião Itaperuna e -131 na microrregião Santo Antônio de Pádua);  indústria de transformação, com -183 (-26 na microrregião Itaperuna e -157 na microrregião Santo Antônio de Pádua); e construção civil, com -178 (-76 na microrregião Itaperuna e -102 na microrregião Santo Antônio de Pádua).

Municípios compreendidos nas microrregiões do Noroeste Fluminense: Itaperuna – Bom Jesus do Itabapoana, Italva, Itaperuna, Laje do Muriaé, Natividade, Porciúncula e Varre-Sai; e Santo Antônio de Pádua – Aperibé, Cambuci, Itaocara, Miracema, Santo Antônio de Pádua e São José de Ubá. 

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Operação contra o tráfico prende 3 e cumpre mandados em Miracema, RJ

Operação Fênix também apreendeu dois menores nesta quinta-feira (24)
Presos foram levados para a Casa de Custódia de Itaperuna, no RJ

Do G1 Norte Fluminense

Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Uma operação das polícias Civil e Militar cumpriu dez mandados de busca, prendeu três pessoas e apreendeu dois menores na manhã desta quinta-feira (24) em Miracema, no Noroeste Fluminense. A operação Fênix, que começou por volta das 5h e terminou às 9h30, tinha o objetivo de combater o tráfico de drogas na cidade.

Os detidos, que estavam com drogas e armas, foram levados para a 137ª DP. Os presos foram encaminhados para a Casa de Custódia de Itaperuna, e os menores apresentados ao Juizado da Infância e Adolescência.

domingo, 13 de novembro de 2016

Miracema, RJ, tem festival gourmet a partir desta sexta-feira

'I Fest Gourmet' começa na noite desta sexta (11) e vai até o dia 15. 
Programação tem shows musicais e pratos entre R$ 10 e R$ 30.

Do G1 Norte Fluminense

Miracema, no Noroete Fluminense, recebe a partir da noite desta sexta-feira (11) o I Fest Gourmet. O festival acontece até o dia 15 na Praça do Rink, no Centro. Segundo os organizadores, a programação conta com shows musicais, eventos culturais, e pratos especiais com preços que variam entre R$ 10 e R$ 30.

De acordo com a organização, após o dia 15, os pratos poderão ser degustados nos restaurantes participantes, até o dia 30 de novembro, seguindo os horários de funcionamento de cada um. 

Programação cultural
 

Sexta-feira (11)
18h – Abertura – música ambiente
19 h - Apresentação do Grupo de Sopro e Violão da Escola Municipal de Música 07 de Setembro de Miracema
21h – Show com Jaqueline Rosa


Sábado (12)
16h – Abertura e Torneio de Xadrez
18h – Animação Infantil com Fazendo a Festa, presença do Mikey, da Minye e Pintura Facial (com Ana Elvira).
21h – Show : Lucas Alvim


Domingo (13)
12h – Abertura – música ambiente
15h - Banda Marcial Antônio C. Paiva
16h/19h - Animação Infantil com Palhaço Tra la lá e Pintura facial (Enoque Matos)
19h – Show: Samantha Pelaggi


Segunda-feira (14)
18h – Abertura – música ambiente
20h – Apresentação da Escola de Música
21h – 21h- Show: Lelê Bucker                                                 


Terça-feira (14)
18h – Abertura – música ambiente
19h – Show:  Juninho Leite